Navegue
por categorias

Escolas de Surf: Descubra onde encontrar e como são as aulas

Considerado como um esporte e estilo de vida, o surf encanta pelo contato com a natureza e desafia iniciantes a praticarem a paciência até realmente droparem uma onda.

Engana-se quem acha que aulas de surf começam no mar. Henrique Scaff, surfista engajado na disseminação do esporte e proprietário da Kambaquara Board Shop, conta que o primeiro passo para aprender a surfar é buscar escolas com profissionais que priorizam o treinamento fora d’água.  A ondulação do vento, a maré e a lua determinam a experiência entre surfista, prancha e natureza. Por esses motivos, bons instrutores vão abordar esses temas e ensinar princípios essenciais como remar, subir na prancha, colocar o leash, posicionar o corpo corretamente e respeitar os demais surfistas fora do mar.

E será que existe uma idade limite para aprender a surfar? Vontade, coragem, calma, autoconfiança e equilíbrio contam mais que qualquer idade. “Com a evolução das pranchas e bons instrutores, preparados para lidar com alunos de diferentes perfis, é possível aprender a surfar em qualquer fase da vida”, comenta Henrique.

Outra boa notícia é que dá para aprender a surfar praticando apenas aos finais de semana, já que o desenvolvimento vai depender mais da disciplina, equipamento adequado e condicionamento físico do aluno.  Esse último pode ser adquirido com diversas modalidades de exercícios como, por exemplo, o funcional – praticado pelos campeões Gabriel Medina e Kelly Slater, sem depender da praia para melhorar agilidade, flexibilidade e consciência corporal.

Henrique também reforça que no surf não existe um padrão para ser seguido, porque tudo depende da experiência individual aliada à técnica, prática e conexão com o mar. Por isso é mais importante estar atento aos limites individuais. Novatos devem buscar praias mais retas, sem marés de tombo, com ventos fortes ou correnteza para evitar o perigo e garantir a diversão.

Aos que sonham mais alto e desejam partir para o surf profissional inspirados pelo dom e facilidade com o esporte, Henrique destaca que uma equipe competente sempre será fundamental para ajudar a tomar decisões sábias e preparar treinamentos adequados dentro e fora d’água.

Vai lá

Animou aprender a surfar? Conheça algumas praias com águas mais tranquilas para se jogar e se divertir - depois das instruções fora d’água, claro!

Praia da Macumba, RJ
Localizada logo após a Praia da Reserva e Praia do Recreio, a praia tem ondas constantes, cheias e compridas, e é perfeita para curtir as belezas do Rio de Janeiro longe da Zona Sul.  Iniciantes devem dar preferência para o canto esquerdo próximo à pedra, onde as ondas são mais fáceis de surfar. É uma ótima opção para a prática do surf durante o ano inteiro.

Praia da Baleia, São Sebastião, SP
Por ser um beach break (as ondas quebram em um fundo de areia), é um ponto bastante procurado pelos iniciantes na prática do surf. Tem ótimas ondulações por toda extensão da praia, que melhoram ainda mais no inverno. A Praia da Baleia está localizada no litoral norte do estado de São Paulo e pode ter temporadas bem cheias, por isso, é importante ficar atento aos outros surfistas e banhistas no mar.

Itamambuca, Ubatuba, SP
Com extensas e perfeitas ondas, Itamambuca é uma das praias mais conhecidas por surfistas do mundo todo e já recebeu campeonatos nacionais e internacionais. Ainda assim, pela sua extensão é uma ótima opção para quem está aprendendo a surfar, principalmente, durante o verão.

Praia da Barra da Lagoa, Florianópolis, SC
Com mar calmo e ondas não cavadas, que reduzem a chance de acidentes, a Praia da Barra da Lagoa, é uma ótima opção para iniciantes. Aproveite principalmente no canto direito, próximo à Praia Mole, para pegar as primeiras ondas.