Navegue
por categorias

Escaladas e adrenalina em algumas das principais capitais brasileiras

As paisagens brasileiras, repletas de morros e montanhas, tornam a escalada um dos esportes mais viáveis para quem gosta de adrenalina e aventura. Entretanto, a maior parte desses locais é afastada dos grandes centros, dificultando o acesso de boa parte das pessoas que se interessam pela prática.

Para os amantes da atividade que não possuem disponibilidade de locomoção e tempo, a escalada clássica foi adaptada para a modalidade indoor e é realizada em ginásios de escalada e academias espalhados por todo o Brasil, especialmente nos grandes centros urbanos.

“Os maiores atrativos dos ginásios são a praticidade e a proximidade. Também não há variante de clima ou perigos inertes. Além disso, o praticante está sempre acompanhado de instrutores”, diz Alexandre Silva, montanhista e proprietário da Casa de Pedra, o maior ginásio de escaladas do Brasil, que fica em São Paulo.

Considerada uma das atividades mais saudáveis e com benefícios além do desenvolvimento físico, a escalada é recomendada para todas as idades: “Temos filhos de clientes escalando já com três anos de idade, até senhores com mais de 70, assim como famílias inteiras”, Alexandre completa.

Ainda assim, escalar na natureza é mais recomendado. Segundo o montanhista Luciano Fernandes, “a família em contato com a natureza tende a entender o mundo de uma maneira mais completa”. Ele ainda recomenda a visita a São Bento do Sapucaí, Rio de Janeiro e Águas Frias de Goiás.

Há escaladas para todos os gostos e estilos, desde as mais fáceis e tranquilas, até as mais exigentes e com mais adrenalina. Se você gosta de socialização e conforto, o ginásio é mais indicado, porém se é muito disperso com o barulho, gosta de mais aventura ou acredita que o contato com a natureza é essencial, vá visitar os morros e paredes rochosas espalhadas pelo país. Mas fique atento, caso nunca tenha praticado escalada ou é iniciante, indica-se o acompanhamento de um guia qualificado e a utilização de equipamentos de segurança.


Vai lá*:

São Paulo:

O município de São Bento da Sapucaí, que fica a cerca de 200 km da metrópole, é considerado o melhor local para escalada no Estado de São Paulo. Na cidade está localizada a principal montanha rochosa do estado, a Pedra do Baú, que possui 1940 metros de altura e cerca de trinta trilhas de dificuldades variadas que podem levar até 1h30min para serem percorridas. Além disso, o local é cercado pela mata nativa e fica a 24 km da cidade. O município é muito visitado para prática de esporte de aventura e oferece aos turistas muitas oportunidades e opções de treino e lazer esportivo. Além da Pedra do Baú, outros 12 destinos são indicados para escalada em São Bento.

Outro local na capital paulista é a Casa de Pedra, um Ginásio de Escalada onde são ministrados cursos de escalada, tecido acrobático e slackline. A mensalidade é a partir de R$199 e as diárias variam entre R$50-65, e dependem se os equipamentos de segurança estão inclusos ou não. Apesar de abranger todas as idades, menores de 13 anos necessitam do acompanhamento dos pais. O Ginásio fica na Rua Venâncio Aires, 31 - Vila Pompéia e o telefone para contato é (11) 3879-6800.

A Academia 90 Graus é mais uma opção. A primeira academia de escaladas do Brasil, que oferece opções de diárias (R$ 38) com acompanhamento profissional e também oferece aluguel de equipamentos. A 90 Graus fica na Avenida João Pedro Cardoso, 107 – Parque Jabaquara, ou ligue (11) 5034 8775.

Rio de Janeiro:
A prática ao ar livre também é comum na capital do Rio de Janeiro. A região da Urca e a Floresta da Tijuca, onde estão o Pão de Açúcar, Morro da Babilônia e o Morro da Urca, por exemplo, são apenas alguns dos locais propostos para escalada na Cidade Maravilhosa. Além disso, boa parte desses pontos é de fácil acesso para quem quer praticar durante o dia a dia. “Em algumas montanhas você consegue ir de metrô e em outras, você para o carro praticamente na base”, conta o instrutor carioca Flavio Daflon, que também é proprietário da escola de escalada Companhia da Escalada.

O Morro da Babilônia é a área mais freqüentada do Rio de Janeiro já que, além de ser boa opção para uma escalada, é possível ter uma bela vista do Pão de Açúcar ao chegar no topo. A parede tem cerca de 150 metros de altura e a dificuldade do trajeto pode variar, ao todo são 35 vias diferentes. Para acessar a Babilônia é necessário se registrar na portaria de serviço do teleférico, que funciona das 8h30 às 19h30, e deixar algum documento com foto. Para mais informações acesse o site da Companhia da Escalada ou ligue (21) 2567-7105.

Brasília:
A UBT, localizada em Brasília, é a maior academia de escalada da região e oferece planos anuais a partir de R$199 ou mensais que variam entre R$50-60. Além disso, também possui o UBT Kids, que conta com aulas para crianças e adolescente de 5 a 16 anos. Os preços variam de R$180 a R$432 por mês. A unidade Asa Norte fica no Clube da Vizinhança da Asa Norte, na L2 Norte, na Sgan 604 Módulo C. Para mais informações, ligue: (61)-3223-2450 /98175-1033.

Outra academia conhecida é a Primata Centro de Escalada, que fica localizada no Plano Piloto. Com um modelo mais tradicional e mensalidades a partir de R$175, o centro oferece cursos para escalada em rocha e um programa de treinamento para escalada indoor. Endereço: SHCGN 710/711, Bloco B Loja 5. Para mais informações ligue: (61) 3201-8301

Diferente do Rio de Janeiro, não existem bons lugares de escalada ao ar livre em Brasília e, por isso, é necessário se afastar do centro da cidade. Entretanto, o estado de Goiás é um dos mais visitados por amantes de escaladas e vários de seus municípios são recomendados para a prática. Um deles é Água Fria de Goiás, que fica a cerca de 120 km do Distrito Federal e onde está localizado o pico Belchior, que possui 80 vias que variam entre esportivas e tradicionais.

Fortaleza:

Em Fortaleza há o espaço para treinos de escalada A Fábrica de Monstrinhos, que fica localizada na Rua Clarindo de Queiroz, 55. O Ceará é bastante conhecido por suas paisagens naturais e um dos locais mais indicados por aventureiros é o município de Quixadá, que fica a 170 km da capital. O local tem a maior quantidade de vias do estado, somando 133 linhas diferentes, vias esportivas e paredes de quase 500 metros.

Salvador:
A capital baiana é recomendada para visitas históricas e reconhecida pelo carnaval, mas no quesito esportivo é necessário ir para longe do centro. Itatim, por exemplo, está situada a 200 km de Salvador e é um dos destinos mais recomendados da Bahia. Com mais de 60 vias, a cidade fica às margens da BR116 e é fácil de conseguir orientações e mapas na sede da Prefeitura, onde também fica a Secretaria de Esportes.

*Os maiores custos para escaladas na natureza são com equipamentos, instrutores ou guias. Alguns locais exigem pagamento de uma taxa simbólica para a manutenção ou cobram pelo estacionamento. Para mais informações procure guias de escalada em cada uma das regiões sugeridas.

Local do Evento
SÃO PAULO EXPO
Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5
São Paulo, Brasil
COMERCIAL
+55 11 5067-1717 | 1770
comercial@adventurefair.com.br
INFORMAÇÕES, DÚVIDAS E SAC:
FALE CONOSCO
+55 11 5067-1717
+55 11 5067-1770
Atendimento: 09h às 20h
contato@adventurefair.com.br
Dúvidas:
COMPRA DE INGRESSO
SAC: Clique aqui
+55 (11) 4003-2051

Trade e Convidados
CREDENCIAMENTO
+55 (11) 2129-6323
credenciamento@credenciamentoweb.com.br