Navegue
por categorias

Por uma vida mais saudável ou mobilidade urbana, mais adultos procuram aulas de bike

A boa notícia é que aumenta também o número de espaços dedicados à bicicleta. Os cuidados básicos de segurança e emergência são primordiais para se virar sozinho nas ruas.


A cada ano, aumenta o número de pessoas interessadas em incluir a bicicleta em suas vidas. Essa percepção não é apenas daqueles que já repararam no aumento do número de ciclistas pelas cidades, mas também de quem se dedica a ensinar o uso correto desse meio de transporte. Cláudia Franco, idealizadora da Ciclofemini - Escola de Pilotagem de Bicicleta, acredita que, em São Paulo, o surgimento de ciclovias e ciclofaixas foram determinantes para elevar a demanda e interesse. As aulas oferecidas pela escola têm um público liderado pelas mulheres (65%), com 35 a 65 anos. “Os motivos são diversos. Alguns procuram uma atividade física, já outros planejam cicloviagens, querem passear nas ciclofaixas, pedalar com filhos ou amigos”, diz.

As aulas são ministradas em parques da capital, como Ibirapuera, Villa-Lobos e Parque da Juventude. Já as aulas de mountain biking, em cidades próximas a São Paulo. Para os iniciantes, Cláudia explica que as prioridades são uma bike adequada à estatura da pessoa e que seja confortável. “Pode ser mountain bike, híbrida [com características de moutain bike e de velocidade] ou urbana. Durante as aulas, exigimos o uso de capacete e sugerimos luva e bermuda de ciclista, equipamentos que aumentam o conforto”. E se as crianças aprendem rapidamente a dominar a bicicleta, o mesmo pode ser dito sobre os adultos. “Colocam a bike em movimento na primeira ou segunda hora. Para pedalar em parques ou ciclovias, levam de cinco a seis horas de aula”.

O uso da bicicleta como meio de transporte pede maior atenção, conhecimento das regras de trânsito e saber sinalizar - o que requer tirar as mãos do guidão e olhar para trás. Qualquer pessoa com vontade pode aprender na prática. Vale lembrar também que a prioridade é sempre do pedestre, então cordialidade é fundamental, além de respeito ao patrimônio público. Algumas habilidades e preocupações adicionais também são importantes. “É necessário estar com a bike em boas condições, saber trocar um pneu, consertar uma corrente e fazer reparos de emergência. Também é importante usar bom farol e lanterna. O ciclista deve ser visto, para sua segurança, usando roupas refletivas que chamem atenção, e ficar atento para não entrar no ponto cego do veículo motorizado. Atenção é importante, por isso, não use fones de ouvido”.  

Mas qual bike escolher? Não há regra. Cláudia explica que “na realidade, pode-se pedalar com qualquer bike pela cidade. Vejo pelas ruas todos os tipos de bicicletas: dobráveis, mountain bike, road bike, híbridas, urbanas, fitness. Cada um usa o que tem, ou o que mais gosta. Para pedalar pela cidade prefiro a fitness, que se assemelha a uma road bike no que se refere à geometria do quadro, aro das rodas e largura do pneu, mas com guidão reto e mais estreito que de uma mountain bike. A bike fitness é mais rápida, com ela faço menos esforço do que se pedalasse de mountain bike”.


Vai lá

Para quem não é experiente e ainda tem dificuldade em pilotar a bicicleta, os melhores lugares são os parques públicos. Para aqueles que já pedalam bem e desejam pedalar apenas por lazer, além dos parques, as ciclofaixas de lazer em São Paulo são excelentes! Há mais de 200 km de ciclofaixas de lazer pela cidade.

Em uma manhã de domingo, o ciclista que quiser explorar, encontra opção em diversos bairros. Ele vai perceber que de bicicleta a cidade ficará menor e mais divertida.

É possível visualizar o trajeto de todas as ciclovias, ciclorrotas e ciclofaixas de lazer de São Paulo por meio deste link.

Alguns parques de São Paulo para andar de bicicleta:

Parque Villa-Lobos

http://parquevillalobos.sp.gov.br/


Parque Ibirapuera

http://parqueibirapuera.org/


Parque da Juventude

http://parquedajuventude.sp.gov.br/


Parque Anhanguera

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/parques/programacao/index.php?p=5730


Parque das Bicicletas

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/esportes/parque_das_bicicletas/index.php?p=897


Parque da Cantareira (mountain bike)

http://www.ambiente.sp.gov.br/parque-da-cantareira/

Local do Evento
SÃO PAULO EXPO
Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5
São Paulo, Brasil
COMERCIAL
+55 11 5067-1717 | 1770
comercial@adventurefair.com.br
INFORMAÇÕES, DÚVIDAS E SAC:
FALE CONOSCO
+55 11 5067-1717
+55 11 5067-1770
Atendimento: 09h às 20h
contato@adventurefair.com.br
Dúvidas:
COMPRA DE INGRESSO
SAC: Clique aqui
+55 (11) 4003-2051

Trade e Convidados
CREDENCIAMENTO
+55 (11) 2129-6323
credenciamento@credenciamentoweb.com.br