Depoimentos

Delton Menezes, proprietário da Classic Longoboards

“Essa já é a terceira edição da feira em que participamos. Em matéria de vendas estamos com boas expectativas para este ano. É um evento que possibilita uma boa fixação da marca, e o pós-feira também é interessante. Geralmente o cliente vem aqui, conhece e depois compra. Acredito que a marca hoje está em evidência por causa de feiras como a Adventure Sports Fair”.

Gabriela Assunção, diretora de marketing da Nautika

“A feira é muito importante para estimular mais o mundo outdoor na vida das pessoas. Veio muita gente iniciante na prática dos esportes em nosso estande. O evento teve bastante público, foi muito positivo, mais do que a gente imaginava. “Para a gente é muito importante estar aqui. Nosso mercado está totalmente ligado ao público de aventura e percebemos que esse público voltou a crescer no último ano.”

Amyr Klink

“A Adventure Sports Fair é um evento que vende muito turismo também e há um novo tipo de turismo, o de expedição, que permite que as pessoas possam conhecer destinos como a Antártica.”

Cristiane Müller, da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo do Maranhão

“Hoje o turismo de aventura para nós é um dos principais, até pela vocação de nosso destino. O Maranhão tem um segmento de cultura muito forte na capital, São Luís, mas naturalmente o apelo maior de vocação turística é natureza combinada com a aventura. Estar na feira é fundamental para a gente.”

José Luis Mina, gerente de marketing de produto da Chevrolet

“A feira é muito bacana. Houve bastante adesão dos visitantes, que gostaram do nosso lançamento. Foi uma experiência muito boa estar aqui. O espírito aventureiro está presente em todas as faixas etárias, e nossos carros atendem perfeitamente aos desejos desses clientes. O segmento aventureiro vem crescendo ano a ano, não dá para ficar fora dele, e queremos estreitar nosso relacionamento com esse público-alvo.”

Edna Slavec, Representante da Fundação de Turismo do Mato Grosso do Sul

“Os aventureiros gostam muito do Mato Grosso do Sul. Estamos muito satisfeitos com a organização, fomos muito felizes aqui. Ficamos exauridos de tanto falar com os visitantes. Estamos levando inúmeros cartões de visita, muitos contatos de pessoas que não vêm só visitar (o estande), mas que vêm com a finalidade de viajar. O fechamento de negócios foi excelente, estamos agradecidos.”

Andrea Tami Ikeizumi, gerente geral no Brasil da Sport Squad

“Logo no primeiro dia vendemos tudo o que conseguimos trazer na bagagem. A procura foi muito grande e temos uma lista enorme de e-mails que coletamos para entrar em contato e vender depois. A avaliação é bem positiva. Fizemos contatos com fornecedores importantes e empresas do varejo.”

Max Fercondini

“A feira tem dois lados positivos. Os expositores trazem novidades para o mercado, apresentam destinos. Eu mesmo estou como expositor esse ano, já frequentei anteriormente como visitante. Acho que para o expositor é importante a troca de experiências. Já o visitante tem a oportunidade de conhecer o que há de mais novo no mercado e também outros aventureiros. Eu e a Amanda acabamos de fazer uma expedição super legal, e as pessoas vem atrás da gente para se inspirar e conhecer os detalhes desse tipo de viagem. É uma troca constante com todo mundo, também aprendemos bastante com outros expositores e aventureiros. Quem ganha com isso é o público da feira.”

Amanda Richter

“Acho que a feira é muito bacana porque reúne várias pessoas com o mesmo intuito, que é viajar e se aventurar. Aqui a gente consegue conhecer coisas novas, produtos novos do mercado, conhecemos diversas regiões do Brasil e de outros países também. Quem gosta de aventura e de viajar e conversar sobre tudo isso está no lugar certo para trocar informações e se inspirar para realizar seus sonhos. Para a gente é muito bacana estar aqui porque depois dessa viagem para a América do Sul nós lançaremos o nosso livro, e aqui é um lugar muito interessante para divulgar a obra e para as pessoas conhecerem melhor o nosso trabalho. Os episódios de TV têm 10 ou 12 minutos, então muita coisa ficou de fora. Os bastidores, os perrengues, isso estará no livro, e aproveitaremos para falar disso tudo com o público.”

Luiza Campello, Rede de blogs Outdoor

“Acho que o maior legado que a feira deixa a cada edição é mostrar para as pessoas que é possível viver de maneira saudável e outdoor, e conhecer as opções que temos aqui no Brasil em relação à isso, em termos de espaços e projetos. E para as pessoas que vivem esse estilo de vida interagirem e se conhecerem para fortalecer o setor. O grande motivo de vir aqui é fazer esse segmento crescer e se desenvolver.”

Cristian Dimitrius

“Acho que o mais legal da feira é ter contato com o mundo da aventura e com as pessoas que têm a aventura como estilo de vida. Muitas vezes a gente que vive disso, mas as pessoas só têm acesso ao nosso trabalho por meio da televisão ou na internet. Acho o contato pessoal muito importante para estimular as pessoas a seguirem com isso ou mesmo a entrar em contato com esse mundo, ter mais contato com a natureza. A feira para mim é uma oportunidade de estimular as pessoas a fazerem a mesma coisa que eu faço. Tirar uma foto de uma maneira inteligente e bonita e compartilhar isso com o mundo, para que outras pessoas passem a gostar da natureza e possam preservá-la também.”

Jefferson Araújo

“Para mim a Adventure Sports Fair é uma grande janela para o mundo. Sou de Manaus, faço sobrevivência na selva e esta é a terceira edição em que venho como palestrante. É uma oportunidade de falar sobre Manaus como destino e também de aventura como algo seguro e feito com responsabilidade. Essa é a proposta que fazemos, que as pessoas procurem equipes especializadas e evitem guias não autorizados.”