novidades do blog

30 Nov

Tradicional destino de férias, o Rio Quente Resorts faz a alegria dos visitantes há mais de 50 anos, trazendo sempre novidades para quem gosta de estar próximo à natureza, mas não abre mão do conforto e toda a estrutura que um resort oferece. Instalado a 27 km do Aeroporto de Caldas Novas, em uma área total de 497 mil m² em meio à pai...

Navegue
por categorias

Observação de aves: lazer, educação e conservação das espécies na natureza

Apesar de uma prática centenária nos Estados Unidos e na Europa, a observação de aves é um tanto recente no Brasil e vem ganhando mais adeptos desde a criação de plataformas como Wikiaves (2008) e eBird Brasil (2014). Nos Estados Unidos, um evento marcante foi quando em 1900 o ornitólogo Frank M. Chapman observou que as tradicionais caças festivas de fim de ano começaram a colocar em risco as espécies. Então, ele sugeriu que a comemoração deveria ser pelo número de espécies observadas na natureza e criou o Christmans Bird count feito até hoje.

Karlla Barbosa, bióloga e coordenadora de projetos da SAVE Brasil, conta que qualquer pessoa, de qualquer idade ou nível de conhecimento, pode ser um observador de aves, seja em uma Unidade de Conservação ambiental, praça ou da janela de casa. Todos os biomas brasileiros são palco para a observação de aves, por conta da grande diversidade local. No Brasil, há 1919 espécies conhecidas, sendo que apenas na Amazônia são 1300 espécies, e na Mata Atlântica são 890 espécies de aves. “Qualquer espécie conta, pois todos os registros das espécies são importantes para o conhecimento da diversidade de aves. É importante também compartilhar os registros nas plataformas online como o eBird ou Wikiaves. Esta é a maneira mais fácil de atingir o maior número de observadores e pesquisadores da nossa avifauna”, acrescenta Karlla.

Antes, era difícil pensar na possibilidade de um programa de ciência colaborativa ser implementado e funcionar bem no Brasil. Isto porque a cultura da observação de aves era pouco desenvolvida e restrita a grupos de estrangeiros (as estimativas são de 45 milhões de observadores de aves nos EUA em relação a 40 mil no Brasil). Felizmente, este cenário mudou e a atividade de observação de aves tem crescido significativamente nos últimos anos no país. O número de observadores na plataforma eBird Brasil demonstra o crescimento da observação de aves no Brasil: atualmente são mais de 2.300 brasileiros no eBird, comparado com os 244 em 2013.

Entre as ações da SAVE Brasil que envolvem observação de aves, está o Projeto Cidadão Cientista. Por meio dele, mais de 1600 observadores registraram 430 espécies, sendo 43 delas ameaçadas de extinção a nível global e estadual. A iniciativa também acontece por meio de parcerias firmadas nas prefeituras e outras instituições, ampliando o convite para novos observadores em parques urbanos. Quem deseja participar como observador nas cidades pode conferir a agenda dos próximos encontros no www.savebrasil.org.br/cidadao-cientista/

Karlla também conta que os melhores momentos para observação de aves ocorrem em dois períodos do dia. Do nascer do sol até às 10h da manhã, as aves diurnas estão mais ativas, cantando e procurando por alimento. Entre o pôr do sol até 22h, as aves noturnas, como bacuraus e corujas, estão mais acessíveis para observação. Um binóculo é uma ferramenta importante para observação dos detalhes das aves. Os ideais são modelos com especificação 10x40, com mais nitidez, além de 40mm de diâmetro da lente externa para luminosidade e aumento de 10 vezes. Mas ela reforça que a falta da ferramenta não impede que as aves e seus comportamentos sejam observados.

Vai lá

A SAVE Brasil lista cinco motivos para observar a beleza e particularidades da avifauna:

1. Atividade de lazer que proporciona vivência com a natureza e novas amizades
2. Qualquer pessoa, em qualquer lugar, pode observar aves
3. Pessoas de qualquer idade podem participar e submeter informações através da internet e aplicativos de celular (eBird)
4. Atração turística, pois algumas espécies endêmicas atraem observadores de diferentes partes do mundo
5. O Brasil é o segundo país com maior número de espécies de aves (1.919 espécies), mas é o primeiro em aves globalmente ameaçadas no mundo (170 espécies = 12% das ameaçadas no planeta)

Local do Evento
SÃO PAULO EXPO
Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5
São Paulo, Brasil
COMERCIAL
+55 11 5067-1717 | 1770
comercial@adventurefair.com.br
INFORMAÇÕES, DÚVIDAS E SAC:
FALE CONOSCO
+55 11 5067-1717
+55 11 5067-1770
Atendimento: 09h às 20h
contato@adventurefair.com.br
Dúvidas:
COMPRA DE INGRESSO
SAC: Clique aqui
+55 (11) 4003-2051

Trade e Convidados
CREDENCIAMENTO
+55 (11) 2129-6323
credenciamento@credenciamentoweb.com.br